Aikido Paraná Brasil
textosManifesto 2015 – A atitude correta diante de cada situação e o Aikido.

Manifesto 2015 – A atitude correta diante de cada situação e o Aikido.

Considerando que o poder da razão ou a racionalidade é um dos principais fatores, senão o principal, que caracteriza o ser humano, e que sendo assim, é obrigação de todo ser humano refletir sobre a atitude mais correta diante de cada situação, e que a mesma, deva estar amparada por um sistema universal, cognoscitivo e volitivo de valores e comportamentos denominado de Moral.

Considerando também, que existem três principais formas já racionalizadas de como o homem deveria se comportar, ou seja, que uma atitude deve estar baseada na Lei ou Regra de Ouro – de fazer o bem e evitar o mal – que por sua vez, tem o objetivo de preservar a dignidade da pessoa humana segundo um princípio de reciprocidade, ou seja – trate os outros como você gostaria de ser tratado – que determina que a ação não se torna certa ou errada por suas consequências, e sim, por ela simplesmente ser certa ou errada, a atitude que baseia em uma finalidade ou na utilidade “da maior felicidade possível” ou simplesmente no “Seja feliz!”, e por fim, a atitude que determina que as ações ou decisões sobre o melhor ou pior devam se basear em virtudes como generosidade, liberdade, justiça, beleza, harmonia, unidade, elegância, originalidade, fé e virtudes cardinais.

Enfim, após todas essas considerações, pode-se afirmar que das três formas de como uma atitude é correta diante de cada situação, aquelas que mais se aprofundam e se adéquam ao conceito do Aikido, são as atitudes baseadas no dever e na virtude, pois como se fundamentam na aplicação de uma Lei ou Regra de Ouro e tem o signo do dever da retidão moral – honestidade, fidelidade, gratidão, justiça, beneficência e não maleficência, e em virtudes cardinais – sabedoria, coragem, temperança e justiça – contrapõem a forma de atitude mais utilizada atualmente, que é a atitude que se baseia no utilitarismo somente, pois essa forma prega o exercício do hedonismo e, por muitas vezes, faz com que a pessoa considere somente a si mesma na hora de avaliar as consequências de uma ação.

Rodolfo Reolon

Entre em contato

Rua O Brasil para Cristo, 138
+55 (41) 98847-7022
aikido@aikidoparana.com.br

Síga-nos

Voltar para Top